«

»

dez
14

Melhores do ano 2011

Em 2011, o Brasil não subiu para a primeira do Gauchão – e ainda foi rebaixado para a Série D. O Pelotas quase caiu no estadual e também decepcionou na Laci Ughini. Por incrível que pareça, o time que mais me entusiasmou no ano todo foi o Grêmio Atlético Farroupilha. Mesmo com um orçamento menor do que os co-irmãos e menos tradição, o Tricolor do bairro Fragata foi quem deu alguma alegria ao seu torcedor neste ano lamentável do futebol Pelotense.

Dentro das perspectivas que se tinha, todos esperavam um Farroupilha brigando para não cair para a Terceirona. Foi o que de fato aconteceu, mas com uma sequência na reta final de dar inveja aos outros clubes da cidade. Por isso, o Farroupilha recebe 6 indicações para a minha lista de “melhores do ano”, incluindo melhor técnico, dirigente e revelação do ano – Juninho, o “Bárbaro”, segundo o saudoso narrador Émerson Vieira.

Eis os melhores do ano, na minha humilde concepção:

Goleiro – Diego (Farroupilha)

Lateral-direito – Jackson (Brasil)

Zagueiro 1 – Junior Paulista (Pelotas)

Zagueiro 2 – Fernando Cardozo (Pelotas)

Lateral-esquerdo – Xaro (Pelotas)

Volante 1 – Dêga (Farroupilha)

Volante 2 – Makelele (Pelotas)

Meia-esquerda – Athos (Brasil)

Meia-direita – Cleiton (Pelotas)

Atacante 1 – Juninho (Farroupilha/Brasil)

Atacante 2 – Marcos Denner (Brasil)

Melhor treinador – Luizinho Vieira (Farroupilha/Brasil)

Melhor dirigente – Darlan Berneira (Farroupilha)

Melhor jogador do ano – Athos (Brasil)

Revelação – Juninho (Farroupilha/Brasil)

E aí, concordam ? Não concordam ? Opinem aqui no 45 do Segundo !

1 comentário

Nenhuma menção ainda

  1. Ricardo disse:

    Além de ser torcedor Xavante, gosto muito de ser um “técnico” também, gosto de ver e faze-ló ás estasticas. Olhando este “Melhores do Ano 2011″. gostei muito, foi uma ótima escolha. Parabéns!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.