«

»

jun
16

Não foi injusto

A eliminação do Brasil é frustrante para seus torcedores. Pode ser lamentada, analisada, e tudo mais. Pensando friamente, todavia, sabemos que não foi injusta. O Xavante errou várias vezes nesta Segundona, nunca agradou – com exceção, talvez, do último jogo – e nesta fase final perdeu pontos em casa, fora, e o resultado é o que já conhecemos.

O “se” vencesse o jogo “A”, “B” ou “C” não justifica a eliminação. Faltou competência, que, até agora, sobrou para o carrasco rubro-negro. Uma pena. Se antes havia acabado o fim de semana de alegria, agora é esperar passar a dor da eliminação.

2 comentários

Nenhuma menção ainda

  1. Rafael disse:

    Sério!
    Não brinca!

  2. Guimarães disse:

    Eu penso que foi injusto. Acredito que o Tapejara, União Frederiquense, Dínamo de Santa Rosa, Guarany de Camaquã, Brasil de Santa Vitória e outro mais eram muito mais times, bem mais organizados e mais qualificados que alguns que, novamente, quase chegaram. Creio mesmo que isso foi uma grande injustiça. Não creio que estes clubes não tenham merecido terem resultados melhor que o AZARÃO.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.