«

»

fev
29

É chegada a hora

O fim de pré-temporada para o Xavante deu-se com um empate contra uma boa equipe. A qualidade do Cruzeiro não se discute. Os testes feitos pelo Brasil durante esse período que antecede a Série A2 também não. Apesar de alguns jogos que o adversário bateu muito, além de outro onde ambos se agrediram literalmente (Esportivo e Brasil, em Bento), foi válido.

Perder somente um amistoso, disputado longe de Pelotas, mostra que o rubro-negro está em um caminho positivo para o estadual que se aproxima. Uma pena ser tão difícil prever o futuro de uma equipe em campeonatos concorridíssimos como a velha Segundona. Aposto, porém, que longe o Brasil chegará.

Final de causar inveja

É de dar inveja para nós pelotenses a final da Taça Piratini. De um lado o contestado, por muitos aqui, Paulo Porto. Do outro Itamar Schulle, já bastante criticado também. Do lado grená, Lino, ex-Brasil e Pelotas. Na parte anilada, Chicão, Russo, Zaquel, Marcio Hahn, Juba… Dá inveja.

Você viu?

- Ronaldinho teve outra pífia atuação pela Seleção Brasileira.

- Ao fim da pré-temporada, Berg e Juninho foram os artilheiros do Brasil. Cada um marcou três gols.

- O Xavante sofreu ao todo quatro gols. Dois do Esportivo, dois do Cruzeiro.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.